sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Pernambuco inova e distribui tablets para estudantes da rede estadual

Pela primeira vez no país, os alunos da rede pública vão ganhar um “computador de mão” do Governo. Nesta sexta-feira (18), o governador Eduardo Campos anunciou o Projeto Aluno Conectado, que vai doar tablets para os estudantes do 2º e 3º do ensino médio estadual.

O Anúncio foi feito durante o lançamento do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico (Pronatec), no Palácio do Campo das Princesas.

A doação dos equipamentos acontece entre os meses de março e julho de 2012 e vai beneficiar 170 mil estudantes, um investimento da ordem de R$ 170 milhões. Com a doação dos dispositivos, a expectativa é tornar o processo de ensino-aprendizado mais dinâmico no ensino médio.

“Nós precisamos adequar a escola de hoje ao século XXI e para isso precisamos oferecer outro padrão de acesso a informação”, disse o governador. Eduardo destacou ainda que, além dos livros escolares em formato digital, os tablets também contarão com softwares educativos.

“Hoje a gente não fala mais em tecnologia como ferramenta para educação, ela vai fazer parte da pedagogia para educação”, explicou Anderson Gomes, secretário de Educação. A princípio, os equipamentos serão concedidos aos estudantes em regime de empréstimo, enquanto estiverem matriculados no ensino médio estadual.

Aqueles, entretanto, que alcançarem a aprovação no 3º do ensino médio não vão precisar devolver os tablets. Eles receberão, ao final do curso, um termo de doação do equipamento.


A escolha da empresa responsável pelo fornecimento dos tablets será definida através de processo licitatório. O edital será lançado neste sábado (19), no site da Secretária de Educação – http://www.educacao.pe.gov.br/


CURSO TÉCNICO - O Pronatec é uma iniciativa do Governo Federal, através do Ministério da Educação (MEC), em parceria com a Secretaria de Educação do Estado, Senai, Senac e IFPE. Nessa primeira etapa, serão oferecidas 6.897 vagas para 85 cursos de qualificação, em 24 municípios pernambucanos. “Vamos seguir investindo no ensino médio. Até 2014, estaremos oferecendo aos estudantes pernambucanos, só na escola estadual, mais vagas no ensino técnico. Vamos sair de 1.700 para mais de 60 mil vagas”, assegurou Eduardo.

Poderão se inscrever no programa alunos dos 2º e 3º anos do ensino médio, estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e do projeto Travessia das escolas públicas estaduais. Cursando o 3º ano do ensino médio, Joseane Sales, vê a iniciativa como uma real oportunidade para enfrentar o mercado de trabalho. “Quando a gente sai do ensino médio a tendência é ficar parado, agora vamos poder aprender mais uma coisa e melhorar nosso currículo”.


A pré-matrícula no Pronatec começa na próxima segunda (21/11) e segue até sexta (25/11), em uma das 100 escolas estaduais cadastradas no programa. Após esse período, serão selecionados os primeiros inscritos, de acordo com total de vagas oferecido para cada curso.

A matrícula definitiva acontecerá de 28 de novembro a 02 de dezembro nas instituições que ministrarão os cursos, Senai, Senac e IFPE. Os interessados devem levar CPF, carteira de identidade, duas fotos 3X4, comprovante de residência e documento comprobatório de que faz parte do público-alvo do Pronatec (comprovante de matrícula na rede estadual de ensino). O início das aulas está previsto para 05 de dezembro.

Entre os cursos oferecidos estão: auxiliar administrativo, agente de informações turísticas, bartender, costureiro, ilustrador, mecânico de manutenção em máquinas industriais, manutenção de motocicletas, padeiro, pedreiros de alvenaria, montagem e manutenção de computadores.

Secretaria de Imprensa de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário